quinta-feira, 4 de abril de 2013

Oil Pulling - Massagem bucal com óleo vegetal



Eu conheci o oil pulling, uma espécie de massagem bucal, pelo Vida Ativa da Ana Thomaz nesse post. No mesmo dia decidi experimentar, e antes de dormir lá fui eu com uma colher de sopa de óleo de argan (era o que eu tinha) para dentro da boca e comecei a massagear. Não sei quanto tempo fiquei, mas assim que eu cuspi o óleo senti minha boca mais leve. Ok, tava aquele monte de óleo impregnado, mas mesmo assim parecia mais limpo.
Então peguei a escova e, para minha surpresa, sem nenhum esforço retirei todo o óleo e junto muita sujeira dos dentes. Lavei a boca com água e passei o fio dental, só um dente sangrou e nada de incômodo.
Aqui é preciso abrir um parênteses, eu tinha sérios problemas com o fio dental, além de todos os dentes sangrarem muito (muito mesmo) ao passar o fio dental, depois eu ficava com o a arcada dentária muito dolorida. Parecia que eu tinha ficado com a boca contraída por muito tempo e era horrível, por isso, não conseguia passar o fio dental diariamente. No primeiro e segundo dia, teve pouco sangramento, agora (duas semanas depois) já não sangra mais.
Para eu conseguir ficar com os dentes limpos como senti nesse dia, eu precisava escovar os dentes com muito vigor, força mesmo. E eu já falei do que acho sobre esse tipo de atitude com nós mesmas aqui. Além disso tudo, tenho a sensação que os dentes não ficam tão sujos durante o dia todo depois de fazer a massagem pela manhã.

Bom, mas como faz? 
De manhã, antes de comer qualquer coisa, coloque uma colher de sopa de óleo de gergelim ou girassol (usei o de argan e o de coco, que são os que tenho) e faça movimentos com a boca para que o óleo passe por toda os dentes, gengiva, língua. Não faça gargarejo ou bochecho, deixe que o óleo se movimente devagar pela boca e tente ter o máximo de consciência no processo. Faça isso entre 15-20 minutos e depois cuspa, o óleo deverá estar leitoso e bem branco, se não estiver assim foi óleo demais ou tempo de menos. Lave bem a boca, escove os dentes (com ou sem pasta - eu prefiro sem) e passe o fio dental. Depois venha me contar o que achou!

Para começar: Se for difícil manter o óleo tanto tempo na boca faça o quanto aguentar e vá aumentando o tempo progressivamente.

Como funciona? 
O óleo se une a saliva e vai puxando (por isso oil pulling) bactérias, muco e toxinas do corpo.

Qual os efeitos a curto prazo?
Mais do que higiene, essa técnica ayurveda é uma desintoxicação do corpo todo. Os efeitos que eu relatei foram os que eu tive nessas duas semanas que tenho experimentado. Percebi também que o muco sai mais facilmente depois da massagem (sinto vontade de tossir e preciso limpar o nariz, para soltar), tenho sentido meus dentes mais brancos, não uso mais pasta de dente e meu hálito nunca esteve melhor (mesmo depois de ficar muito tempo sem comer, ou de acabar de comer). Minhas olheiras melhoram também como a Ana Thomaz comentou no post dela.

E a longo prazo?
Esses eu ainda não posso falar, mas extrai o seguinte desse texto, da Conceição Trucom.

"Esta terapia atua, ao mesmo tempo, em todo o organismo de maneira preventiva, aumentando o nosso equilíbrio e curando-o energeticamente.
Esta prática é indicada para tratar problemas como dores de cabeça, bronquite, dor de dente, problemas de gengivas (incluso dentes moles), formação de tártaro, tromboses, artroses, eczemas, úlcera de estômago, problemas intestinais, cardíacos, renais, encefalite e diversas doenças da mulher. É possível também tonificar o sistema circulatório, nervoso, digestivo e respiratório, prevenindo doenças crônicas."

Cuidados: depois da massagem o óleo fica repleto de toxinas e tudo de ruim que acabou de tirar do corpo, por isso evite o contato e não engula.

NOTA: Procurando uma imagem para o post encontrei o seguinte trabalho acadêmico que, através de uma pesquisa, concluiu que:

"[...] a escovação com óleo de amêndoa dificulta a aderência de placa ao esmalte dentário, pois o índice de placa dentária após a escovação com óleo é significantemente menor que após a escovação com os cremes ou géis dentais existente no mercado brasileiro, o que sugere a elaboração de novos estudos e mais completos, com amostra maior, para a aplicação dessa substância (ou similares) na higienização dentária."

12 comentários:

  1. Obrigada por compartilhar. Você foi a primeira a me falar do oil pulling. Parabéns pelo seu texto, muito bem escrito. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô! Estou fazendo oil pulling há mais ou menos 1 mês.Também conheci através da Ana. Além dos efeitos que vocÊ observou, outra coisa que notei foi a tonificação dos músculos da face e uma melhora no aspecto da pele.
    Abraço,
    Ci

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cecília! Vou reparar nos músculos e na pele! Obrigada por compartilhar!

      Excluir
  3. Uma dúvida Rô, é óleo de girassol de cozinha mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa, desculpe, não tinha visto. É interessante ser o extra-virgem e prensado. Se o seu de cozinha for assim. Bjs

      Excluir
  4. Sou adepta do oil pulling há um mês e já fiquei fã!
    Minha mãe com 83 anos e alguns problemas de saude poderá tb aderir???
    Aguardo resposta.
    Bjus!
    Dora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dora! Então, infelizmente não sei te responder, eu sou só adepta também, não sou uma estudiosa, nem profissional da saúde para dizer. Desculpe!

      Excluir
  5. O ideal seria uma vez por dia pela manhã, pela noite ou ambos? Como você começou fazendo a noite e depois foi pela manhã, talvez fazer duas vezes ao dia seria o ideal? Obrigada pelas dicas, excelente post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana, segundo a tradição ayurvédica o ideal é de manhã. Para começarmos o dia 'puros'. Mas eu acho que você pode observar como você se sente melhor!

      Beijos

      Excluir
  6. Respostas
    1. Diego, em lojas de produtos naturais costuma ter os óleos vegetais puros. Já achei óleo de coco em farmácia de manipulação/homeopatia e em supermercado também.

      Excluir